30.4.06

Memorial


Os Moonspell, a maior banda portuguesa em termos de vendas e fama a nível mundial, lançaram o seu último álbum, Memorial, que representa um aumento na agressividade em relação ao anterior, Antidote, mas que não perde em carga melódica e até representa um progresso no que diz respeito ao som ambiente.

A reacção na imprensa da especialidade foi bastante boa e o calendário de concertos para os próximos meses prevê a presença em alguns dos grandes festivais Europeus de Metal e de Rock, entre os quais o Graspop na Bélgica e o Summer Breeze na Alemanha. Está ainda marcada uma actuação em Marrocos, o que é inédito para esta banda e pouco comum naquele país do norte de África.

O que eu gostava de saber é porque é que esta banda, que mais do que músicos, são autênticos Embaixadores [com E grande] de Portugal pelo Mundo fora e que apesar das letras em inglês incluem elementos portugueses, não recebem nenhum reconhecimento oficial e, para todos os efeitos, não são considerados como “música portuguesa”?

1 Comments:

Anonymous Lidia Cardoso said...

Também acho Joe, os Moonspell são uns senhores, uns verdadeiros Embaixadores,deviam era receber qualquer coisa do MNE, pois fazem mais que o Dr.Diogo.Um bem haja!

02 maio, 2006 23:38  

Enviar um comentário

<< Home


Click Here